Acompanhamento de Pós-Operatório

O período pós-operatório das cirurgias bariátricas é de extrema importância para o sucesso cirúrgico e para o bem-estar do paciente. O médico cirurgião Dr. Guilherme Nahoum ressalta que apesar de cada paciente receber orientações de acordo com suas maiores dificuldades, seu estilo de vida e sua rotina, há algo que é comum para todos: a manutenção do acompanhamento com o cirurgião e principalmente com a equipe multidisciplinar. .

Em geral, após a cirurgia, em torno 6 a 8 horas, o paciente inicia o processo de reintrodução alimentar que começa pela dieta líquida restrita fracionada, onde ainda no hospital, começa a beber líquidos claros , como água, chás ou sucos em pequenas quantidade e intervalos bem curtos. Essa fase pode dura de 07 a 10 dias. Tudo vai depender de cada caso, e a nutricionista irá orientar cada paciente e seu acompanhante de forma clara e cuidadosa.

Depois, é possível começar uma dieta cremosa, nomeada dieta líquida semilíquida, em que não há alimentos sólidos, pois, toda a alimentação é liquidificada e coada. Tal dieta pode durar de 05 a 10 dias. Depois disso, começa a fase de alimentos moles e pastosos, os quais se manterão na dieta alimentar por cerca de 15 dias, como purê de batata, por exemplo, ou legumes cozidos e bem amassados, e proteínas trituradas. Após o período de dieta pastosa, o paciente está quase pronto para começar a se alimentar normalmente.

Chamada de dieta branda, ela durará em torno de 30 dias e, nesse momento, o indivíduo começará a comer alimentos cozidos, que não estejam duros, mas já podendo levar a mastigação. Após seguir essa adaptação, o paciente poderá voltar a ter uma dieta normal, porém sempre se atentando a mastigar bem, deixando o alimento bem triturado e pronto para chegar ao estômago. 

É imprescindível que as recomendações de tempo de cada dieta e intervalo entre as refeições sejam seguidos, pois o estômago durante o período pós-cirúrgico tem que se adaptar ao processo de digestão, e cada fase da dieta pós-operatória proporcionará que essa adaptação seja feita com segurança e sucesso. 

Além disso, há que se atentar para outros cuidados nessa fase; como o repouso relativo , afastado de atividades físicas e esforço físico pesado; cuidado com a feridas e drenos; uso de meias e medidas para prevenção de tromboses; suplementações nutricionais, e as medicações dos pós operatório que devem ser maceradas durante 30 dias.

 Em suma, complicações e efeitos adversos podem ocorrer pois a cirurgia bariátrica é uma grande mudança na vida do indivíduo, e é por esse motivo que se faz necessário um sério acompanhamento multiprofissional após o procedimento. Assim, esse período de adaptação será muito menos doloroso, já que os profissionais irão orientar seu paciente de forma individualizada, construindo um caminho seguro para essa mudança de vida tão valiosa.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
× Agendar Consulta!